Em 2009, o técnico de TI James Howells decidiu minerar criptomoedas e acumulou 7.500 bitcoins no HD do seu computador. Como eles ainda não valiam muito, ficaram esquecidos até 2017, quando James se deu conta de que, na cotação da época, teria mais de US$ 100 milhões.

Mas a alegria durou pouco. James tinha desmontado o seu computador, e o velho HD acabou no lixo, por engano. Desesperado, James tentou recuperar sua fortuna, mas a prefeitura de Newport City, onde ele mora, não permitiu que ele tentasse desenterrar o seu HD do aterro sanitário, por conta dos riscos ambientais.

Moral da história: bitcoin é coisa para se guardar debaixo de sete chaves. Evidentemente, nada garante que as criptomoedas continuarão a se valorizar dessa forma, mas a tecnologia veio para ficar.

E você não precisa ser um especialista para sentir agora mesmo o gostinho do futuro. Na CRIPTOMALL, a partir de cem reais você consegue comprar seus primeiros bitcoins em poucos minutos. É muito simples e seguro.